Foxconn substituirá parte de seus funcionários por 1 milhão de robôs em 3 anos

A Foxconn — conhecida por ser a maior fabricante de componentes eletrônicos e de computador no mundo e pelos casos de suicídio de seus funcionários — substituirá parte de seus empregados por 1 milhão de robôs em três anos para diminuir as crescentes despesas trabalhistas e aumentar a eficiência nas linhas de produção, afirmou Terry Gou, fundador e presidente da companhia.

Foxconn substituirá funcionários por robôs

Os robôs serão utilizados para trabalhos simples e rotineiros como pulverização, soldagem e montagem, atualmente conduzidos por funcionários. De acordo com Gou, a companhia possui atualmente 10 mil robôs, número que aumentará para 300 mil no próximo ano e para 1 milhão em três anos.

A Foxconn emprega 1,2 milhão de pessoas, com cerca de 1 milhão delas baseadas nas fábricas da empresa na China.

Miguel nasceu e reside no Rio Grande do Sul, e está iniciando o curso de jornalismo. Ama o seu time de coração — Sport Club Internacional –, é fã de carteirinha de muitas séries e gadgets e acredita que o InsideTechno se tornará (ou não) o maior blog sobre tecnologia do Brasil.